sexta-feira, setembro 26, 2008

Eu vs O meu Cérebro e O meu Cérebro vs Eu.

Hoje dei por mim no trânsito, a fazer exercícios de pensar mais rápido que o meu cérebro...
Tenho de superar isto, mas não consigo.
É que eu sei, que se às vezes eu conseguísse adiantar-me a ele, podia pensar melhor antes de agir. O que me dava sempre uma margem de acção confortável. Mas não. Onde está o livre arbítrio? Não está. Não está, porque ele não deixa. Era livre arbítrio se eu lhe pudesse dizer "tá bem oh cérebro, mas não me apetece". Mas não. Ele acha que é aquilo, e é aquilo que eu tenho de pensar e fazer.
E quem me garante que é isso mesmo que eu quero pensar ou fazer?! Ninguém! Pois! Porque ninguém sabe. O que eu devia ter, era duas linhas de pensamento. A minha, e a dele.
Hmmm... Ok! Não faz sentido!???
Porra! Faz para mim, que luto contra isto desde que me dou por gente.
Eu gostava de saber como seria... Nem que fosse pela competição.
Ainda por cima, tudo o que estou a escrever, é ele que manda. Foda-se!

domingo, setembro 21, 2008

Para aprenderes.

As coisas que eu te ensino! :]



Samuel Osborne Barber (Westchester, 9 de Março de 1910Nova Iorque, 23 de Janeiro de 1981) foi um compositor estado-unidense de música erudita, mais conhecido pela obra "Adagio for Strings". Começou a compor com sete anos de idade; os seus estudos formais foram feitos no "Instituto de Música Curtis" , na Philadelphia. Aos 25 anos, tornou-se membro da Academia Americana em Roma.

Compôs um conhecido "Concerto para Violino" e a obra "Music for a Scene from Shelley", Opus 7, esta última baseada num poema de Percy Bysshe Shelley. É o autor de um Concerto para Piano e Orquestra e de uma Sonata para Piano. Sua ópera "Vanessa" (1957) , ganhou o prêmio Pulitzer.


Agora entendes-me?

O Firmino

Fui hoje à feira, e vi-o lá, todo aninhadinho... Tive tanta peninha dele... Trouxe-o para casa. Dei-lhe maçã, cenoura, a comidinha que trouxe, e algodão para ele fazer o ninho...
Estou derretida!

quarta-feira, setembro 17, 2008

This raging light

Ando viciada

Acabaram-se as férias, mas foda-se, sinto-me como nova! Cheguei ontem à MGI, e para além de dizerem que estava com outra cara, também estava MORENA. Ah puta que pariu, que não fiz outra coisa a não ser ir para a praia. Agora até me dou ao trabalho de mostrar a diferença de cor nas mamas, às pessoas. Mas isto, vá, não fiz lá no trabalho!


Fui claro, ver o concerto do Bidinho! Eh pah, fiquei mesmo ali na fila da frente. Ia ficar na 2ª fila, mas caguei para umas gajas que lá estavam, e zás...fila da frente. Antes disso, demorei 1:40 a chegar a Paços de Ferreira, porque iamos a caminho de Guimarães...e à vinda para cá enganamo-nos mais uma vez, e viemos novamente ao Porto para dar a volta. Ainda torci o pulso da xuxa, que até hoje me dói, mas esforço-me! :D
Anyway, o Bidinho sorria, e doía-me o coração... Só não me derretia mais, porque pronto!
Encontramos uma casa de banho, que parecia a casa de banho de um motel. Claro que eu e a Có, ficamos deliciadas a tirar fotos!

Mais um jantar da Gomes...

Sei que fiz mais qualquer coisa, mas não me lembro! :|

P.S. A minha sobrinha hoje lembrou-se de me perguntar novamente como estavam as coisas com aquele que ela escolheu para meu namorado e futuro marido, relembrando-me "Tixa, tens de usar melhor a tua sensualidade!"

P.S.2 Lembrei-me desta! Artilhei o quarto com tecnologia... DVD e LCD. Yuuuuhuuuu!


O nível do moreno... Até era capaz de me apaixonar por mim!


Só para não me deixar dúvidas, de que era mesmo capaz de me apaixonar por mim! :D

quinta-feira, setembro 04, 2008

Férias

O tempo está uma merda, mas sinto-me assim...