domingo, maio 25, 2008

Tinha eu acabado de estacionar o carro, quando vem um arrumador a galgar a galgar, e eu já com ela toda estudada do "num teinho dinheiro..." e fazer cara de desgraçada, o gajo troca-me as voltas todas!
Então lá vem ele, e quando chega ao meu carro, pára... dá um beijo no retrovisor e disse "Eu tomo bem conta dele! *sorriso cariado*"... E eu... Eu fiquei sem reacção. E com aquela imagem em loop vezes e vezes sem conta, até hoje!



Fizemos o mide naite chilli com soja, e diga-se de passagem, estava mesmo bom! Conseguimos falhar em todos os planos antecedentes à compra da carne!

quinta-feira, maio 22, 2008

A minha mãe acabou de descobrir um esconderijo cheio de detergentes... Esconderijo esse, meticulosamente arquitectado pela minha avó. Um autêntico arsenal! Deve ser precaução para tempos de guerra! 8... 8 embalagens de detergente... Escondido...


Morro de saudades do ambiente que se vivia... E de acabar a tarde, a beber chá de menta no Pavilhão de Marrocos... De andar que nem uma doida de passaporte na mão (último dia!), e entrar pela porta de saída dos pavilhões da zona sul, que eram uma seca e só artesanato de pretalhada (nada contra), só para encher o meu passaporte com os carimbos que faltavam! Passaporte esse que era caro, e a minha prima que lá andava a trabalhar, lá me arranjou um! Agora não sei dele!...
Ter dito que estava grávida, para passar à frente de toda a gente, na entrada para a Expo :] e os meus bilhetinhos, estarem no meu relógio da Swatch, O Adamastor, que os meus pais me ofereceram no Natal, exactamente no ano em que tenho alguma noção de ter chumbado o ano, mas não me lembro! Não! Tinha tido más notas, é isso! E recebi 3 relógios!

O Pavilhão de Macau... era uma merda!

Levantando las manos llegando bien arriba...

Conforme nos íamos aproximando da porta daquele manhoso café, que no fundo no fundo, já foi o café da salvação, o café do pânico, e o café da ideia das ideias, ouviamos a música espanhola... Música que já nem se ouve nos bares de karaoke, depois de alguém cantar a Lusitana Paixão ou algo assim, e as pessoas fazem as coreografias à La Movida, para passar o tempo, e esperar pelo próximo grande artista!
Entramos as duas a medo, e a visão... A visão... Pessoas nos seus 40's e tal, com roupas duvidosas e cabelos a condizer, a fazer coreografias, e o dono do café (se não era, parecia!), com uma camisola da selecção e bigode, com a mulher ao lado, meia chantrona...

*aos berros*
-Desculpe, onde fica a casa de banho? (fartinhas de saber...)
Diz a mulher chantrona:
-Bai em frente e bira à direita numa puorta amaréla...

Voltamos a olhar de relance para as pessoas que se encontravam na 1ª sala do café, e passamos à 2ª sala, onde estava a gente jóbe, e também duvidosa. Era um manfias à Cristiano Ronaldo, um às do bilhar com o cabelo à David Bisbal, e entramos na casa de banho, sãs e salvas! "Encosta-te à porta, que esta gente é perigosa!".
Estava tudo na mesma, mas o autoclismo era novo! Ainda tivemos tempo para as piadinhas e... "Foda-se... Deixa-me limpar isto com água!" xD

Ganhamos coragem para sair, e estavam elas, cabelo comprido com ondulado manhoso, e o ourinho nos dedos, no pescoço... as argolas, e aquele olhar de tás'ólhare pró meu hómeinhe, e nós as duas ali indefesas (lol) mas confiantes, viemos embora com a sensação de missão cumprida.
Saímos do café, com a expressão qu'é que era aquilo!?, mas de quem adorou cada figura manhosa que viu, e conscientes que fizemos um estudo aprofundado, no nosso breve desfile pelo café do inferno...
-Vocês não estão a ver bem! Aquilo não são pessoas de Leça... Aquilo que está lá dentro, é Custoias no seu estado puro!
-Sim! Ciganos. Parecia ciganada.

terça-feira, maio 20, 2008

A minha sobrinha vai ao chineses, e pede desconto! No fim diz "Obrigada pelo desconto!".
Como é que não hei-de sentir orgulho, e ser uma tia babada?!
Mas quem é que vai aos chineses pedir desconto!? :D

domingo, maio 18, 2008

sábado, maio 17, 2008

Adoro aquela ansiedade de esperar pelo próximo beijo... e no entanto, a espera demora a passar...

terça-feira, maio 13, 2008

14-04-2006


Adoro esta foto! Tinhamo-nos lembrado que havíamos todas de cortar as repas... *L*

Leoas... :D

" Leoa há pessoas apreciadoras do tomate bem maduro, outras dos grelinhos frescos, outras do alho francês .....................
e tu........ Tu apreciadora do belo engenheiro!!!!"

domingo, maio 11, 2008

Há dias em que vou fazer as coisas, e começo a sentir que era bem melhor nem sair de casa.

5ª feira achei que devia ir pela A29, para poupar na portagem. Pensei meto gasóleo ali na área de serviço de gaia, e a seguir há uma plaquinha para a A29... e meto-me por aí *esfrega as mãos*. O que não está escrito nessa plaquinha, é "tixa, isto vai dar a volta a gaia toda, e depois vais parar à A1!". Demorei 40 minutos a dar volta, para ir de novo pela A1, que me fez pela primeira vez, sorrir para o outlet de grijó! Depois foi sempre a andar.

Claro que como já deu para reparar, tenho graves problemas de orientação, e se sei bem o caminho para ir, muitas vezes o caminho para vir (só porque começo a ver as coisas por uma ordem diferente) torna-se complicado. E para vir embora...

Vira aqui, segue até à rotunda, sai na 1ª, vai em frente, rotunda... Que é esta merda? Peregrinos?! Con...deixa?! Condeixa? Onde é Condeixa? Onde é que eu estou? Foda-se! Se há peregrinos a ir em frente, isto é caminho para Fátima... Fátima é para sul... Onde é que eu dou a volta? Ai... Ai que estou completamente perdida... Que é esta merda de um separador central?! Foda-se! Tudo escuro... vou ficar sem gasóleo... Não tenho saldo no tlm... Ai... Não devia ter vindo. Não há ninguém por aqui... Isto parece quando nos perdemos na saída da IP5! Vou-me perder sozinha, e a brisa nem passa aqui! Isto não tem placas a dizer Porto, onde faço a inversão de marcha?! Foda-se que nunca mais vejo a Sika. Ai o meu pai... O meu pai quando tiver de lhe ligar a pedir socorro... Não! O Renato... O que é isto???? Âh?!?
Já em desespero, decidi arriscar e virei numa plaquinha com o nome de uma terriola qualquer começada por P, porque pior que o que estava, não podia ficar, e lá vi uma plaquinha a dizer Coimbra, que me pareceu muito convidativa! Finalmente, rotundas familiares e lampiões com luz! Lá consegui chegar a Cantanhede e meter gasóleo. Nesta brincadeira, demorei quase 2 horas a chegar a casa...
Perdida, e sem o baquedo de apoio... Agora entendo o que leva as pessoas a andar em sentido contrário!

terça-feira, maio 06, 2008

O som não é grande coisa, cantamos mesmo mal, mas orgulhosas!

segunda-feira, maio 05, 2008

Kiss me, oh kiss me... *derrete-se*

Pois se o assunto é David Fonseca, lá vamos nós.
Não sei quanto tempo durou o concerto, mas pareceu-me ser meia hora apenas! Estavamos mesmo bem.

Tenho de começar pelo final do concerto... Pela Together in Electric Dreams... Nunca num concerto sentimos as quatro (eu, có, joanedo e fuá) a mesma felicidade na mesma música! Aliás, é nada mais nada menos, que A nossa música dos 80's. Ninguém sabia a letra, e nós as quatro a cantarmos com ele. Parecia ter sido só para nós! :]

The 80's, mas antes... Video killed the radio star, que também foi uma surpresa. Digamos que ele tornou uma das músicas que na minha opinião, é das mais irritantes, uma das que mais gostei.

Claro que não posso deixar de falar da Kiss me, oh kiss me... Who are you... Angel song... Little respect, e claro, a minha preferida Adeus, não afastes os teus olhos dos meus.

Trazia-o para casa!
É sem dúvida um génio. Podia estar sozinho no palco, porque não precisa de mais nada.

Together in Electric dreams... *olhar no horizonte*

Por fim, cheias de sede, e fome...
- tem cerveja?
- temos.
- queria uma sandes de panado com alface, e uma cola! *proud*

Adeus, não afastes os teus olhos dos meus