segunda-feira, março 02, 2009

Desafio!

Desafio proposto pelo blogue do Mr.Heavy.
As regras são: "Você (Eu) diz 9 coisas aleatórias a seu respeito, não importando a relevância. Tendo de ter 6 verdades e 3 mentiras. Quem recebe o Meme, deverá postar as 3 coisas que acha serem as mentiras do blogueiro que lhe passou o Meme.
O Meme é «jogado» apenas uma vez, portanto atenção a quem o passa.

* Gosto de manteiga de amendoim.
* Gosto de filmes de terror.
* Pratiquei judo, e adorava.
* Não bebo vodka com cola.
* Gosto de desporto automóvel.
* Gosto de papas de sarrabulho, bem quentes.
* Gozo com os meus amigos.
* É raro perder-me.
* Saio da cama de propósito para ir para a praia.

Lanço o desafio a todos os visitantes deste Blog, não precisam de o fazer, mas tentem lá adivinhar as minhas 3 mentiras.. quero ver quem me conhece bem...

Só me faz lembrar coisas... boas, creio eu!

terça-feira, janeiro 27, 2009

Arcade Fire

Ouço-a vezes sem conta...


segunda-feira, janeiro 19, 2009

Duas grandes surpresas

Este fim-de-semana, consegui ver dois filmes, simplesmente excelentes.

quinta-feira, janeiro 15, 2009

Momento irritantemente musical! "piano...pianinho"

Se há coisa de que eu e a Joanedo sofremos, é a meio de uma conversa...

"E então, lá fui eu, feita tona."
"É o destino. Já estava escrito *olhar no horizonte*"

Alguém começa a cantar uma parte de uma música qualquer, tipo:

"ooooover the sea and far away, she's waiting like an iceberg waiting to change, but she's cold inside, she want's to be like the waaaaaaateeeeeeer"

E a conversa continuava.

Um belo dia de Agosto, foi feita a descoberta desta irritante música, que nos levou a ser a 1ª coisa a dizer ao acordar, após uma noite a cantar sempre a mesma merda, e a dizer piadinhas de elevado nível de falhanço, mas claro, que ainda hoje, fazem parte do livro de piadas a sacar em qualquer altura!

"ooohhhh caminando pórlo piu ripidiiiii
ió má fentessssiiiiii... UUUUUUOOOOOONNNNTE iuuuuuu"



Ca granda merda!!! :D :D :D :D :D

Hoje arranjei uma do Enrique IGAYSIAS!!! :D

Preciso de me ocupar com outras merdas...

domingo, janeiro 11, 2009

Parceria

Já se adivinha qual vai ser o assunto mais falado... homens!

http://estrogenioemgarrafaverde.blogspot.com/

sábado, janeiro 10, 2009

A minha mãe, e a sua realidade... que é alternativa à dos outros

Felizmente, não sou a única a ter uma mãe, capaz de fazer o impensável, cair quando é impensável, dizer as maiores merdas quando é impensável, e ainda se rir da sua figura. Vá lá! Nisso nenhuma de nós falhou, já que todas temos histórias suficientes para contas sobre as nossas mães, durante uma noite inteira.

Ontem ligou-me, e tivemos esta conversa:

-Tixinha?! Onde estás?
-A caminho de casa da Rita, porquê?
-Por nada. Olha...
-Diz...
-Já ouviste falar no Mamma Mia?
-...............Já..............
-Podiamos ir ver ao cinema...
-Eu acho que tenho o filme em casa, a não ser que não esteja comigo.
-Mas podiamos ir ver ao cinema...
-Mas acho que não está no cinema.
-Está. Vi agora na televisão e está em estreia.
-Mãe, o filme já estreou à meses...
-Foi? Mas está a dar agora a reportagem da estreia cá em Portugal...
-Pronto. Vou ver se ainda está no cinema.
-Vê isso filhinha, está bem?! E vamos as duas.
-Está bem.
-Tem actores muito conhecidos...

E pronto. Descobri que a minha mãe, para além de ter uma rosa dos ventos no indicador direito, viaja no tempo.

É impossível não ter orgulho de uma mãe assim. Uma mãe que está no quarto dela, que é colado ao meu, e manda-me mensagem a dizer que está a comer batatas fritas!

sexta-feira, janeiro 09, 2009

E porque se tem falado em adolescência...

Eis uma das músicas que marcou a minha.

...Sábado à tarde, tarde de discoteca.
Sapatilhas vision, calças uniforme e t-shirt o'neil, eu ali, confiante....
Fisioterapia no Dallas... Fisio, como lhe chamavamos!
Coreografia ensaiada e criada para esta música da moda.
O entusiasmo era tanto, a devoção era mais que muita, por isso fiz uma ruptura de ligamentos no joelho, num dos ensaios cá em casa!
Loucura.


Problema

Agora não resisto a comprar cuecas... Abro a gaveta, e nem sei o que escolher.